Voltar ao Início
Guia para Pais
Como lidar e abordar o tema da droga com os seus filhos.
Ligações Úteis
Existem inúmeros sites com informação credível sobre drogas e toxicodependência...
O que sabe sobre Drogas?
Teste aqui os seus conhecimentos sobre droga e toxicodependência.
Coloque as suas dúvidas
Veja as suas dúvidas respondidas pelos nossos especialistas.

[ Imprimir ]
Início : Pais e Educadores : Guia para Professores
Conselhos Úteis

Há um conjunto de situações que a experiência mostra que podem suceder com alguma frequência nas escolas e que requerem alguma reflexão. Como sempre, não há receitas: o que se segue são algumas ideias que poderão ajudar a centrar a reflexão. Porém, deve ser claro que é sempre útil contar com o apoio dos recursos locais do IDT, da Saúde ou de outros técnicos que intervêm no terreno.

Se suspeitar que um aluno se droga, o que devo fazer?
Deve ficar atento aos comportamentos do aluno e tentar estabelecer um laço de confiança com ele procurando confirmar a sua suspeita para perceber se ele precisa de ajuda.
Se a suspeita se confirmar deverá tentar perceber se se trata de um caso de uso ou abuso. Se o aluno precisar de ajuda deverá avaliar quais as pessoas mais adequadas para envolver no processo (órgãos da escola, psicólogo da escola, pais, etc.). Pode sempre pedir apoio a profissionais do Centro de Saúde local ou a técnicos do IDT.

Se suspeitar que um aluno trafica na escola, o que devo fazer?
Mais uma vez deve ficar atento aos seus comportamentos.
É diferente ser traficante de droga ou comprar droga em conjunto para consumir em conjunto com os colegas. Em qualquer dos casos ele está a praticar um acto ilícito e pode ter um problema judicial, muitas vezes sem ter consciência claro do facto.
Se se confirmar a suspeita o Conselho Directivo da escola deve ser avisado, devendo ser muito claro que a escola vai fazer tudo o que possa e pedir os apoios adequados para impedir que se consuma ou trafique nas suas instalações. O IDT e os Serviços de Saúde também são um recurso para ajudar a avaliar a situação.

Como saber se um aluno se droga?
O importante é ser capaz de perceber as razões de alterações do rendimento escolar ou do seu comportamento e ter com ele uma relação suficientemente boa que lhe permita falar-lhe sobre isso. No entanto, essas alterações podem ter origem noutras situações (familiares, afectivas, de saúde).
Outros meios, como o recurso a testes ou buscas de produtos acabam por trazer mais desvantagens do que vantagens já que são agressivos e podem destruir uma relação de confiança.

O que posso fazer para contribuir para que os meus alunos não venham a consumir drogas?
Estabelecer uma boa relação com eles com papéis suficiente claros, ajudando-os a crescer, a cultivar o sentido crítico e a responsabilidade, reflectir com eles sobre os significados dos consumos e as suas implicações.
Existe a possibilidade de um trabalho que passa por difundir um conjunto de conhecimentos específicos no domínio da toxicodependência, que lhes poderão ser úteis para as suas tomadas de decisão futuras. Um outro aspecto passa pela implementação de programas específicos de prevenção dirigidos aos alunos e mesmo ao resto da comunidade escolar, eventualmente com recurso a profissionais de saúde locais (médicos, psicólogos, técnicos de serviço social, enfermeiros e outros).

Últimas Notícias
Linha Vida 1414
Serviço anónimo, confidencial, gratuito, disponível todos os dias úteis (10-24 h).
Contactos
Serviços e unidades de prevenção, tratamento e dissuasão da toxicodependência.
Pesquisa
 
   [ Topo ]
   © 2005 | IDT - Instituto da Droga e da Toxicodependência | Produção: Plasma