p6p17p326p539 1º CONGRESSO NACIONAL DO IDT “800 Congressistas no primeiro dia da Avaliação da Estratégia Nacional de Luta Contra a Droga”
Centro de Congressos Europarque
Sta. Maria da Feira - 24 e 25 de Novembro. “800 Congressistas no primeiro dia da Avaliação da Estratégia Nacional de Luta Contra a Droga”

Centro de Congressos Europarque
Sta. Maria da Feira

24 e 25 de Novembro

O 1º Congresso Nacional do IDT, a decorrer no Centro de Congressos Europarque, em Sta. Maria da Feira, registou elevada participação logo no primeiro dia de trabalhos, com a presença de cerca de 800 Congressistas. Até ao final do dia de amanhã este encontro inédito em Portugal continuará a juntar Técnicos do IDT, Entidades Privadas e Sociais e ainda Departamentos Governativos em torno da Avaliação da Estratégia Nacional de Luta Contra a Droga (ENLCD) entre 1999 e 2004 e do seu balanço crítico.

A Sessão de Abertura do Congresso marcou o início do primeiro dia, com a intervenção de Nuno Freitas, Presidente do Conselho de Administração do IDT, que realçou a importância da “promoção da reflexão e do debate crítico internos sobre os fundamentos e resultados da aplicação da ENLCD e PAH04”, bem como o carácter crucial que adquire a “análise, discussão e definição de linhas de acção prospectivas no combate às drogas e às toxicodependências”.

Os trabalhos tiveram continuidade com os dois Painéis reservados para a manhã de hoje, em que destacados e creditados nomes da área científica marcaram presença, como foi o caso do Prof. Dr. Alexandre Quintanilha e do Prof. Dr. Cândido Agra – palestrantes no Painel “Génese e Implementação da ENLCD” – e do  Dr. Valadares Tavares, Presidente do Instituto Nacional da Administração (INA), orador principal no Painel Dois “Avaliação Externa da ENLCD”.

O Presidente do INA começou por demonstrar a grande importância que a avaliação de resultados, tanto interna como externa, assume no seio de um organismo público como o IDT. “É muito positivo que o IDT e a sua nova equipa proceda a esta Avaliação. Este Congresso e todas as acções que têm vindo a ser realizadas são muito importantes para que seja do conhecimento geral o modo como os recursos públicos são utilizados nesta área e também para que seja mais fácil traçar as linhas de acção para o futuro”, afirmou Valadares Tavares.

O INA é o organismo que tem a responsabilidade de efectuar a avaliação externa da ENLCD nos últimos anos e foi neste encontro em Santa Maria da Feira que surgiram pela primeira vez as conclusões preliminares deste estudo que será apresentado na sua totalidade e de forma aprofundada no próximo dia 15 de Dezembro. De acordo com o seu Presidente, esta análise baseia-se em “244 vectores de actividade, expresso através de indicadores concretos, para além de entrevistas com Técnicos do IDT e com outros técnicos directamente ligados à temática da Droga no nosso país”. Isto porque, nas palavras do professor - “é necessário elaborar um estudo que inclua análises não só dos resultados mas também das intervenções – acções e recursos, tendo sempre em conta três dimensões: a coerência, a eficiência e a eficácia”.

No término da sua intervenção este investigador deixou presentes as grandes questões que começam a surgir de acordo com os resultados do estudo do INA, das quais se destacam a eventual possibilidade de “unir esforços com Espanha no âmbito da Luta contra a Droga”, a sugestão de “realçar nas campanhas os efeitos ou malefícios concretos que o consumo de droga pode originar”, a lembrança de que “existe um sem número de instituições públicas e sociais com quem o IDT pode estabelecer alianças no combate à Toxicodependência” e ainda as eternas interrogações: “Incluir o álcool e o tabaco nas acções do IDT e em que áreas apostar com mais convicção: Prevenção ou Tratamento/Redução de Danos?”.

Na Conferência Temática da tarde o Dr. Paulo Teixeira Pinto abordou a “situação e postura do Homem nas sociedades modernas”, imediatamente antes de se dar início às workshops temáticas, distribuídas pelas várias salas do Centro de Congressos e subordinadas aos mais variados temas relacionados com a Avaliação da Estratégia Nacional de Luta Contra a Droga.

Recorde-se que o dia de amanhã ficará marcado pela apresentação do Relatório 2004 do Observatório Europeu das Drogas e Toxicodependências e pela presença na Sessão de Encerramento, às 17h30, de Sua Excelência o Senhor Ministro da Saúde Dr. Luís Filipe Pereira. 1 data 24-11-2004 10:30:37 157372237 sim sim